GALO É AMOR


É VENCER OU VENCER PARA SAIR DA LANTERNA !!!

FORÇA GALO !!!

CONTRA TUDO E CONTRA TODOS !!!

SOU GALO ATÉ MORRER !!!

 



 Escrito por DOLABELA às 10h36 PM [] [envie esta mensagem] []






VASCO X ATLÉTICO

Data: 14/08 (domingo)
Local: São Januário
Horário: 16h
Árbitro: Luís Marcelo Vicentin Cansian (SP)
Auxiliares: Giovani César Canzian (SP) e Nilson de Souza Monção (SP)

Vasco
Roberto; Claudemir, Ciro, Éder e Diego; Ygor, Osmar, Morais e Fernandinho; Alex Dias e Romário
Técnico: Renato Gaúcho

Atlético
Danrlei; Evanílson, Lima, Henrique e Rubens Cardoso; Walker, Ataliba, Amaral e Fábio Baiano; Luís Mário e Marques
Técnico: Marco Aurélio

Obs: em vermelho os péssimos dos péssimos !!!



 Escrito por DOLABELA às 10h29 PM [] [envie esta mensagem] []






Fonte: site oficial Clube Atlético Mineiro

Confira o retrospecto entre Atlético e Vasco
12/08/2005 17:10

Da Assessoria de Imprensa

O confronto deste domingo, às 16h, em São Januário, será o de número 74 entre Atlético e Vasco, na história dos clubes. Pelo Brasileiro, será o 39º jogo entre ambos. Confira o retrospecto entre mineiros e cariocas:

RETROSPECTO PELO BRASILEIRO

38 jogos
14 vitórias
12 empates
12 derrotas
43 gols a favor
47 gols contra

Primeiro jogo pelo Brasileiro: 06/11/1971 – Vasco 0 x 0 Atlético, no Maracanã

Último jogo pelo Brasileiro: 19/08/2004 – Vasco 3 x 0 Atlético, em São Januário

RETROSPECTO GERAL

73 jogos
23 vitórias
19 empates
31 derrotas
87 gols a favor
113 gols contra

Primeiro jogo da história: 20/11/1932 – Atlético 0 x 0 Vasco, no Estádio Antônio Carlos, em Lourdes

Último jogo: 19/08/2004 – Vasco 3 x 0 Atlético, em São Januário, pelo Brasileiro

RETROSPECTO EM SÃO JANUÁRIO

10 jogos
02 vitórias
02 empates
06 derrotas
10 gols a favor
20 gols contra

Primeiro jogo em São Januário: 08/08/1948 – Vasco 3 x 2 Atlético, amistoso. Os gols do Galo foram de Lero e Carlyle

Último jogo em São Januário: 19/08/2004 – Vasco 3 x 0 Atlético, pelo Brasileiro

Nos dez jogos anteriores contra o Vasco, o Atlético venceu quatro, perdeu três e empatou três. A última vitória do Galo em São Januário foi em 4 de setembro de 2002, pelo Brasileiro, por 2 a 1, gols de Mancini e Kim

Artilheiros do Galo no confronto:

6 gols: Guilherme
4 gols: Reinaldo e Leandro
3 gols: Lero
2 gols: Amorim, Campos, Cleiton, Éder, Ernani, Fábio Júnior, Lucas, Paulista, Renaldo, Resende e Ronaldo

Atletas que mais atuaram no confronto

13 jogos: Paulo Roberto Prestes
12 jogos: Vanderlei Paiva
10 jogos: Grapete e Vantuir
09 jogos: Oldair
08 jogos: Kafunga, Luisinho, Reinaldo, Renaldo e Sérgio Araújo



 Escrito por DOLABELA às 1h02 PM [] [envie esta mensagem] []






Fonte: site oficial Clube Atlético Mineiro

Galo promove caravana para o jogo contra o Vasco
12/08/2005 18:53

Da Assessoria de Imprensa

O Atlético promove caravana de ônibus para os torcedores acompanharem o time na partida diante do Vasco, neste domingo, no Rio de Janeiro, pelo Campeonato Brasileiro. A passagem custa R$ 35, com o ingresso já incluído. A saída será neste sábado, às 23h30, em frente à sede administrativa do clube, em Lourdes.

Os torcedores interessados poderão entrar em contato com Felipe ou Lindaura, por meio do telefone 3291-6060, ou por intermédio do celular 9998-8540 (Lindaura).



 Escrito por DOLABELA às 1h00 PM [] [envie esta mensagem] []






Fonte: www.gazetaesportiva.net

Uéslei nega negociação com o Atlético-MG
Gazeta Press

Salvador (BA) - Em Belo Horizonte, todos dão como certa a contratação do atacante Uéslei pelo Atlético-MG. Mas em Salvador, o jogador desmentiu, nesta sexta-feira, que esteja deixando o Bahia em meio à disputa da Série B.

“Não existe essa história. Sou jogador do Bahia, estou focado no nosso objetivo de livrar o clube do rebaixamento e lutar por uma vaga nas finais da competição”, afirmou Uéslei.

A diretoria do Tricolor baiano também descartou a possibilidade de se desfazer do artilheiro. “O Uéslei é fundamental para o Bahia neste momento e não consideramos a possibilidade de liberá-lo, seja para o Atlético ou qualquer outro clube”, disse o diretor de futebol Antônio Garrido.

A direção do Bahia confirmou ainda, nesta sexta, que pagou metade dos salários dos jogadores, referentes ao mês de julho.

COMENTÁRIO: QUEM ESTÁ COM A RAZÃO ???!!!



 Escrito por DOLABELA às 12h55 PM [] [envie esta mensagem] []






Fonte: www.pele.net

Catanha chega com a marca de artilheiro

Novo reforço do Atlético-MG, goleador no futebol espanhol, é candidato a acabar com a falta de gols do time alvinegro.

Do Pelé.Net

BELO HORIZONTE - Com a marca de artilheiro no currículo, o atacante Catanha apresentou-se ao Atlético-MG, neste sábado, e chega ao clube para resolver um dos problemas do time alvinegro: a falta de gols. O Galo balançou as redes 25 vezes e é apenas o 16º ataque do Campeonato Brasileiro.

"Sou uma pessoa de área, sou uma pessoa que busco o gol. Eu estou louco para estrear, estou louco para estar aí junto com o grupo", observou Catanha, que assinou contrato até 31 de dezembro, com opção de renovar por mais um ano. O atacante estava no Marília, do interior de São Paulo, antes de ser contratado pelo Atlético.

Catanha, que tem cidadania espanhola, foi artilheiro pelo Málaga, em 1999, quando marcou 26 gols na Segunda Divisão da Espanha, e em 2000, fazendo 24 gols na Taça da Espanha. Em 2002, voltou a ser o goleador da Taça da Espanha, dessa vez pelo Celta de Vigo, com 22 gols.

"Eu joguei pouco aqui no Brasil, joguei praticamente toda a minha carreira na Espanha. Sou cidadão espanhol, fiz um grande trabalho principalmente no Celta de Vigo, no Málaga, no Salamanca, principalmente no Málaga, onde fui artilheiro, fui vice-artilheiro do campeonato, no Celta também, onde me destaquei, fui à seleção espanhola", disse o atacante.

Catanha atuou, também, pelo Leganés (1997/1998), da Espanha, Belenenses (1995/1996), de Portugal, e Kria Sovetov, da Rússia (2004). No Brasil, começou no São Cristóvão, onde jogou de 1990 a 1994. Em seguida, foi para o CSA, de Alagoas, onde foi o artilheiro do campeonato alagoano com 31 gols, em 1994. O atacante defendeu o União São João, em 1995.

O novo reforço do Atlético chegou mostrando disposição para ajudar o time a reagir no Campeonato Brasileiro. "Eu sempre fui uma pessoa humilde, e sempre fui uma pessoa bastante agressiva dentro de campo. Fora de campo eu sou uma pessoa, e dentro de campo, sou uma pessoa que quero ganhar tudo, quero ganhar até a peladinha que tem no campo de treinamento", ressaltou.

Catanha acredita que, fisicamente, está pronto para estrear pelo Atlético. "Estou em ritmo, capacitado para jogar. Se depender de mim, fisicamente estou bem, vou trabalhar para o professor ver", disse o atacante de 33 anos.

Henrique Guedes da Silva, o Catanha, nasceu no dia 6 de março de 1972, em Recife. Mede 1,75m, e pesa 74 kg. O atacante defendeu a seleção espanhola em 2002, quando jogou quatro partidas.

COMENTÁRIO: BOA SORTE, CATANHA !!! PELO MENOS NÃO É EX-BAMBI COMO OUTROS POR LÁ !!!



 Escrito por DOLABELA às 12h53 PM [] [envie esta mensagem] []






Fonte: www.superesportes.com.br

Funcionário reclama de atraso nos salários e acusa a diretoria  
Diário da Tarde

Se a situação do Atlético dentro das quatro linhas não anda nada boa, com o time freqüentando a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro há 13 rodadas, fora do campo, financeiramente, o clube também passa por um período difícil. Nesta quinta, a reportagem do DIÁRIO DA TARDE recebeu uma ligação de um funcionário da sede do clube, em Lourdes, que não quis se identificar, mas fez uma série de acusações.

Segundo ele, vários benefícios dos funcionários estão atrasados, além do velho problema do salário. "O vale-transporte está atrasado, a diretoria não dá ticket-refeição, os salários estão há três meses atrasados. Tem funcionário comendo só pão no almoço, por não ter dinheiro para comprar comida", disse.

Mas a situação mais complicada, de acordo com o funcionário, é em relação à diretoria do clube. "Alguns diretores e funcionários estão na mordomia. Enquanto alguns trabalham muito, lá dentro, outros, que não fazem nada, recebem em dia. A preferência para pagamento de salários é sempre em relação aos jogadores. Existe até uma torcida dentro da sede, para que o time caia para a Série B, para ver se as coisas mudam", acusou. "Vários funcionários são cruzeirenses, e o clube é totalmente desorganizado na área financeira", complementou.

O funcionário confirmou uma notícia adiantada pelo DT na última semana. "O Humberto (Ramos, ex-diretor de futebol), o Caio Ziller e o Roberto Tibúrcio (empresário) estiveram na Suécia, tentando, de todas as formas, negociar o Quirino com o Malmoe (clube daquele país), mas eles (suecos) não quiseram", disparou.

A assessoria de imprensa do clube recebeu duas ligações da reportagem, que queria esclarecimentos sobre o assunto, e prometeu um retorno de algum membro da diretoria. Mas, até o fechamento desta edição, ninguém da cúpula atleticana entrou em contato com a reportagem, para negar ou confirmar as acusações do funcionário.
COMENTÁRIO: SEM COMENTÁRIOS !!! ATÉ MARIAS DENTRO DO CLUBE NÓS TEMOS !!!

 Escrito por DOLABELA às 5h21 PM [] [envie esta mensagem] []






Fonte: www.superesportes.com.br

Ricardo Guimarães antecipa término do mandato e só fica até dezembro
Presidente vai antecipar sua saida do clube

Juarez Rodrigues
Ricardo Guimarães rebate críticas, mas só fica na presidência até dezembro

Em uma entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira, na sede social do Atlético, em Lourdes, o presidente Ricardo Guimarães disse que deixará seu cargo em dezembro, mas garantiu que permanece no comando alvinegro até lá. O mandato do dirigente só terminaria, de forma oficial, em dezembro de 2006. Um dos vices do Galo, Sérgio Sette Câmara, renunciou ao cargo.

A entrevista foi uma resposta a um grupo de conselheiros que se movimentam para colocar as 'rédeas' do Atlético nas mãos do presidente do Conselho Deliberativo, Alexandre Kalil, após sugerirem o afastamento do atual presidente.

Guimarães explicou a decisão de deixar o comando mais cedo. "Hoje temos pessoas, que eu considero do bem e respeito muito, que se dizem em condições de administrar o Atlético. Pessoas que, teoricamente, estariam do meu lado e que se colocam agora contra a minha administração. Já sei que tem gente, além dos vices, tem gente que eu confio, que está disposta a assumir o Atlético, coisa que ninguém tinha manifestado ainda. Se eu não posso ser a solução para o Atlético, problema e empecilho também não vou ser. "

A decisão de ficar até dezembro também foi analisada pelo dirigente. "Vou sair em dezembro, dando tempo para o clube se preparar para a mudança. Não sei se teremos novas eleições ou se um vice-presidente irá assumir. Isso terá que ser discutido, mas o mandato até dezembro é meu", enfatizou Ricardo, que mandou um recado aos críticos: "Dizem assim: Ricardo, você escuta muito mas faz o que você quer. Claro, graças a Deus eu penso é com a minha cabeça. Tenho a grande virtude de escutar, mas a decisão e a responsabilidade são minhas", concluiu, irritado.

Durante a coletiva, o presidente ainda defendeu a sua administração. "A administração está do jeito que eu imaginei, mas os resultados não estão sendo colhidos dentro de campo, do jeito que eu queria. Nunca fui omisso. Se fosse, era o momento de passar o bastão. Eu não! Eu estou aqui e não vou passar assim não". (UAI)



 Escrito por DOLABELA às 5h19 PM [] [envie esta mensagem] []






FORÇA GALO !!!

 Escrito por DOLABELA às 8h38 PM [] [envie esta mensagem] []






Fonte: www.pele.net

Galo completa seis partidas sem vitória

Com a derrota para o Coritiba nesta quarta-feira, time alvinegro chegou a 14 rodadas na zona de rebaixamento.

Do Pelé.Net

BELO HORIZONTE - A derrota de 1 x 0 para o Coritiba, nesta quarta-feira, no Couto Pereira, amplia o jejum de vitórias do Atlético-MG no Campeonato Brasileiro. Há seis jogos, os torcedores alvinegros não sabem o que é comemorar um triunfo do time alvinegro, que está há 14 rodadas na zona de rebaixamento.

A última vitória do Galo ocorreu sobre o Fortaleza, na capital cearense, na 13ª rodada da competição. Naquele jogo, o Alvinegro mineiro goleou por 4 x 1, conquistando apenas a terceira vitória na competição. Além do Tricolor de Aço, o Atlético venceu o Figueirense e o Flamengo.

O jejum de vitórias começou com uma derrota por 1 x 0 para o Palmeiras, na 14ª rodada do Brasileirão, no Parques Antarctica. No jogo seguinte, contra o São Paulo, no Mineirão, o Galo empatou em 0 x 0. Na 16ª rodada, o Atlético foi a Goiânia e perdeu para o Goiás por 3 x 1.

Depois da derrota para o Goiás, o Atlético teve uma seqüência de duas partidas no Mineirão, o que não serviu, no entanto, como fator de desequilíbrio e o Galo conquistou apenas um ponto do empate em 2 x 2 com o Paysandu. No último final de semana, o Alvinegro perdeu por 2 x 1 para o Fluminense, na estréia de Marco Aurélio, que substitui Tite.

Esta ainda não é maior seqüência sem vitória do Galo neste Campeonato Brasileiro. Da segunda rodada até nona, o Atlético não venceu na competição. Foram dois empates e seis derrotas. O jejum terminou com a vitória sobre o Flamengo, na 10ª rodada, no Mineirão.

Confira a seqüência sem vitórias do Atlético

Palmeiras 1x0 Atlético-MG - 14ª rodada
Atlético-MG 0x0 São Paulo - 15ª rodada
Goiás 3x1 Atlético-MG - 16ª rodada
Atlético-MG 2x2 Paysandu - 17ª rodada
Atlético-MG 1x2 Fluminense - 18ª rodada
Coritiba 1 x 0 Atlético-MG - 19ª rodada

COMENTÁRIO: SITUAÇÃO CRITÍCA !!! REAÇÃO JÁ !!



 Escrito por DOLABELA às 8h36 PM [] [envie esta mensagem] []






Fonte: www.pele.net

Revelações podem deixar o Atlético-MG

Supervisor de futebol diz que o próprio presidente está à frente das negociações envolvendo Renato e Quirino.

Cândido Henrique Silva, do Pelé.Net

BELO HORIZONTE - O meia Renato e o atacante Quirino, revelados nas categorias de base do Atlético-MG, podem trocar o Galo por um clube no futebol europeu. Ambos estão sendo negociados pela diretoria alvinegro, possivelmente para o grupo português Gestifute.

O supervisor de futebol do Atlético, Carlos Alberto Silva, informou que o próprio presidente Ricardo Guimarães está à frente das negociações, mas não confirmou se o interessado é grupo português. "Esta negociação está a cargo do presidente. Eu não estava aqui quando ela começou. Nos próximos dias, deve haver alguma novidade", observou.

O Gestifute, o mesmo que contratou o meia Anderson, do Grêmio, funciona como uma espécie de agência de atletas. Após contratar o jogador, o grupo de Portugal o repassa a outro clube.

O técnico Marco Aurélio admitiu que o não aproveitamento de Quirino se deve ao fato de ele estar sendo negociado pelo Atlético. "O que foi passado para mim é que ele está sendo negociado, e a qualquer momento isso pode ser fechado, por isso ele não está jogando", ponderou.

Em relação a Renato, o treinador preferiu não comentar. O armador atuou na estréia do Marco Aurélio, na derrota para o Fluminense, mas ficou de fora do jogo contra o Coritiba, por ter, juntamente com Quirino, se atrasado para o treino de segunda-feira. Ambos foram multados pela diretoria.

COMENTÁRIO: JÁ VÃO TARDE !!! SEM SAUDADES !!! DOIS PEREBAS METIDOS A CRAQUES !!!



 Escrito por DOLABELA às 8h34 PM [] [envie esta mensagem] []






Fotos: fonte: www.superesportes.com.br

Não aguento mais esse tal de Ataliba !!!

Muito menos esse tal de Ru(im)bens Cardoso !!!



 Escrito por DOLABELA às 8h32 PM [] [envie esta mensagem] []






Fonte: www.superesportes.com.br

Poucos detalhes para Uéslei reforçar o Atlético 
Portal Uai
Meia-atacante, que disputa a Série B pelo Bahia, sob o comando de Procópio Cardoso, deverá ser reforço para Marco Aurélio

Site oficial do Bahia
Uéslei: mais opção ofensiva para o Galo

O atacante Uéslei, que estava no Bahia, chega a Belo Horizonte, nesta sexta-feira, para ser submetido aos exames médicos. O jogador ainda fará mais uma partida pela Série B, para depois ser anunciado oficialmente pela diretoria alvinegra e ser apresentado na segunda-feira.

De acordo com o supervisor de futebol do Galo, Carlos Alberto Silva, Uéslei deverá assinar contrato até o fim deste ano, com possibilidade de prorrogação por mais uma temporada. Após realizar os exames médicos, o atacante retornará a Salvador para vestir pela última vez a camisa do Bahia, pela Série B do Brasileiro, neste fim de semana.

“Faltam alguns detalhes, que não vão interferir na negociação. Possivelmente, o Uéslei estará em Belo Horizonte nesta sexta-feira para fazer os exames médicos. Depois, ele volta para jogar pelo Bahia no sábado, e deverá ser apresentado na segunda-feira”, disse o dirigente.

Um dos setores mais carentes da equipe hoje, é o ataque, principalmente após a saída de Fábio Júnior, que pediu a rescisão de seu contrato, há uma semana, e da possível venda de Quirino para o futebol europeu.

O técnico Marco Aurélio elogiou o jogador. "O Uéslei é um jogador que quando eu estive no Japão, ele por dois ou três anos foi eleito o melhor jogador lá. É um jogador com um posicionamento muito bom dentro da área, é forte, finaliza bem, e tem uma boa bola parada”, afirmou.

No Bahia, Uéslei é comandado pelo técnico Procópio Cardoso, que já dirigiu o Atlético diversas vezes. O meia-atacante começou sua carreira no clube baiano, onde se profissionalizou em 1993 e marcou 140 gols. O jogador já defendeu o maior rival alvinegro e foi campeão da Copa do Brasil pelo Cruzeiro. Além de Bahia e Cruzeiro, Uéslei já vestiu as camisas de Flamengo, Guarani, São Paulo, Internacional e Vitória e Nagoya Grampus, do Japão.

Catanha

Além de Uéslei,outro atacante pode ser anunciado nas próximas horas. Catanha, que está no Marília e foi revelado pelo Paysandu, já acertou as bases com o Atlético mas ainda faltam detalhes com o Marília, seu atual clube. “Há uma questão a ser resolvida com o Marília, falta uma definição e devemos acertar isso nas próximas horas”, disse Carlos Alberto Silva.

Catanha, de 33 anos, foi revelado no Paysandu e já passou por vários clubes do Brasil. Ele teve sua melhor fase no futebol espanhol, jogando no Salamanca, Legánes, Málaga e Celta de Vigo. Com boas atuações, o atacante se naturalizou e jogou algumas partidas pela seleção espanhola. De volta ao Brasil neste ano, o atacante atuou no Campeonato Paulista e está disputando a Série B do Campeonato Brasileiro, pelo Marília. Na equipe paulista ele já marcou quatro gols.

Marco Aurélio comentou. “O Catanha  eu tive a oportunidade de acompanhar na Espanha, é um jogador forte, de área também e que tivemos a melhores informações possíveis”.

Ficha Técnica

Uéslei Raimundo Pereira

Data de Nascimento: 19/04/1972
Naturalidade: Salvador - BA
Posição: Meia-Atacante 
Altura: 1,77m
Peso: 83kg

Clubes
Bahia
Cruzeiro
Flamengo
Guarani
São Paulo
Internacional
Vitória

COMENTÁRIO: BOM REFORÇO APESAR DE EU ESTAR PUTO COM ESSE TANTO DE CONTRATAÇÕES DE EX-BAMBIS !!!



 Escrito por DOLABELA às 8h29 PM [] [envie esta mensagem] []






DEUS NO CÉU E O GALO NA TERRA! SEMPRE !

 Escrito por DOLABELA às 9h37 PM [] [envie esta mensagem] []






TIME DE MERDA !!! VERGONHA NA CARA, MERCENÁRIOS !!!



 Escrito por DOLABELA às 9h35 PM [] [envie esta mensagem] []






Fonte: ww.pele.net

Galo quer Catanha como seu goleador

Atacante do Marília, que chegou a jogar pela seleção espanhola, está na mira do Atlético-MG e deve ser contratado.

Cândido Henrique Silva, do Pelé.Net

BELO HORIZONTE - O centroavante do Atlético-MG para o Campeonato Brasileiro deve vir do interior de São Paulo. A diretoria do clube anunciou o interesse pelo centroavante Catanha, de 33 anos, que defende o Marília na Série B do Brasileirão. O acordo com o jogador está bem próximo e ele deve ser apresentado ainda nesta semana.

Catanha viveu a melhor fase de sua carreira no futebol espanhol, onde defendeu o Salamanca, Málaga e Celta de Vigo. Neste último clube, o centroavante, que se naturalizou espanhol, se destacou e acabou ganhando uma chance na seleção espanhola, mas não chegou a jogar a Copa do Mundo de 2002, na Coréia do Sul e Japão.

Depois de passagem pelo Belenenses, de Portugal, no ano passado, Catanha voltou ao futebol brasileiro em 2005. No Marília, o centroavante disputou o Campeonato Paulista e a Série B do Campeonato Brasileiro, onde tem quatro gols, mas não é titular absoluto.

Nascido em 6 de março de 1972, em Recife, Catanha foi revelado pelo Paysandu e teve passagem por vários clubes brasileiros. Do Papão, o centroavante se transferiu para o Fluminense-RJ, São Cristóvão-RJ, CSA-AL e União São João de Araras, do interior paulista.

A contratação de um centroavante já vem sendo cogitada pela diretoria do Atlético há mais de um mês. Desde a época do técnico Tite, esta posição era considerada como carente, já que o clube conta apenas com Quirino, que não vem sendo utilizado. Fábio Júnior, contratado no início do ano, pediu rescisão contratual há uma semana.


 Escrito por DOLABELA às 9h34 PM [] [envie esta mensagem] []






É MUITO SOFRIMENTO PARA A MAIOR TORCIDA DE MINAS GERAIS !!!

 Escrito por DOLABELA às 9h32 PM [] [envie esta mensagem] []






CORITIBA 1 X 0 ATLÉTICO-MG

Coritiba

Vizzotto; Alexandre Luz, Alan (Alcimar) e Reginaldo Nascimento; Rafinha, Rodrigo Mancha, Capixaba (Alexandre), Jackson (Marquinhos) e Ricardinho; Caio e Marcelo Peabiru
Técnico: Cuca

Atlético-MG
Danrlei; Henrique, Cáceres e Leandro Castan; Evanílson (Euller), Amaral, Ataliba (Zé Antônio), Fábio Baiano e Rubens Cardoso; Marques e Luís Mário (Lima)
Técnico: Marco Aurélio

Data: 10/8/2005 (quarta-feira)
Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba
Público: não informado
Renda: não informada
Árbitro: Carlos Eugênio Simon (RS-Fifa)
Cartões amarelos:
Reginaldo Nascimento (Coritiba); Ataliba, Leandro Castan (Atlético)
Cartões vermelhos: Leandro Castan (Atlético)
Gols: Alexandre, aos 30min do segundo tempo



 Escrito por DOLABELA às 9h32 PM [] [envie esta mensagem] []






TIME SEM VERGONHA !!!

 Escrito por DOLABELA às 9h29 PM [] [envie esta mensagem] []






FORÇA GALO !!!

CONTRA TUDO E CONTRA TODOS !!!



 Escrito por DOLABELA às 8h40 AM [] [envie esta mensagem] []






Fonte: www.superesportes.com.br

Cáceres pode pegar até seis partidas de suspensão  
Diário da Tarde

O zagueiro Cáceres será julgado nesta quarta-feira pela 2ª Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva e pode pegar até seis partidas de suspensão. O paraguaio foi expulso em seu jogo de estréia, contra o Goiás, no dia 30 de julho, quando marcou o gol atleticano, na derrota por 3 a 1.

Cáceres está incurso no artigo 254 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, cuja pena prevista é de duas a seis partidas de suspensão. Independentemente da punição, de acordo com orientação do departamento jurídico do clube, Cáceres estará em campo hoje, contra o Coritiba.

Segundo o diretor jurídico, Roberto Vasconcellos, a orientação é de que não seja tomada a mesma medida que aconteceu com o zagueiro Henrique, expulso no clássico com o Cruzeiro, em 10 de julho. Ele foi julgado no dia 20 do mesmo mês, data da partida contra o Fortaleza, sendo punido com duas partidas e, por precaução, ficou de fora do jogo contra os cearenses.

A orientação do vice-presidente jurídico (José Murilo Procópio) é a de que, caso seja escolhido pelo técnico, ele jogue, uma vez que "já houve manifestação pública do presidente do STJD (Luiz Zveiter) no sentido de que a pena passe a vigorar no dia seguinte ao julgamento", explicou.

Ramon

O meia Ramon, que continua punido pelo STJD, com 120 dias de suspensão, por ter agredido o volante Róbson, do Flamengo, no dia 3 de julho, quando o Galo venceu o time carioca por 3 a 1, pode ter sua pena ainda mais reduzida. A princípio, ele havia sido punido com 180 dias, mas, devido a recurso impetrado pelo clube e aceito pelo STJD, a pena passou para 120 dias. Mas Ramon pode cumprir somente 80 dias, tendo um terço da punição (40 dias) convertido em doação de cestas básicas.

COMENTÁRIO: MAIS UMA TREPADA QUE ESSE STJD QUER DAR NO GALO !!! CADÊ A PENA DO BAIANO E DO ÉDSON (DO CURINTIA) !!! VTC !!!



 Escrito por DOLABELA às 8h35 AM [] [envie esta mensagem] []






Fonte: site oficial Clube Atlético Mineiro

Confira o retrospecto entre Atlético e Coritiba
09/08/2005 12:16

Da Assessoria de Imprensa

Atlético e Coritiba se enfrentarão pela 20ª vez na história do Campeonato Brasileiro, nesta quarta-feira, na capital paranaense. Será o confronto de número 8 entre as equipes, no Estádio Couto Pereira. No último jogo em Curitiba, o Galo levou a melhor e venceu por 1 a 0, pelo Nacional de 2004. Confira o retrospecto entre mineiros e paranaenses:

RETROSPECTO PELO BRASILEIRO

19 jogos
11 vitórias do Galo
04 derrotas
04 empates
29 gols a favor
16 gols contra

Primeiro jogo pelo Brasileiro: 3/10/1971 – Coritiba 1 x 0 Atlético, no Estádio Belfort Duarte, em Curitiba

Último jogo pelo Brasileiro: 12/09/2004 – Atlético 2 x 1 Coritiba, no Mineirão, gols de Rodrigo Fabri (2)

RETROSPECTO GERAL

25 jogos
15 vitórias
04 empates
06 derrotas
45 gols a favor
24 gols contra

Primeiro jogo na história: 26/05/1946 – Coritiba 2 x 3 Atlético, amistoso disputado no Estádio Joaquim Américo, em Curitiba. Os gols do Galo foram de Lero, Lucas e Xavier

Último jogo na história: 12/09/2004 – Atlético 2 x 1 Coritiba, no Mineirão, pelo Brasileiro, gols de Rodrigo Fabri (2)

RETROSPECTO NO COUTO PEREIRA

07 jogos
03 vitórias
02 empates
02 derrotas
09 gols a favor
07 gols contra

Primeiro jogo no Couto Pereira: 24/07/1985 – Coritiba 1 x 0 Atlético, pelo Brasileiro

Último jogo no Couto Pereira: 12/09/2004 – Coritiba 0 x 1 Atlético, pelo Brasileiro, gol de Gaúcho

*Nos últimos dez jogos pelo confronto, o Galo levou vantagem sobre o Coritiba: foram seis vitórias, três empates e uma derrota

Artilheiros do Galo no confronto:

04 gols: Marques
03 gols: Dario, Guilherme, Nívio e Renato
02 gols: Rodrigo, Rodrigo Fabri

Jogadores que mais atuaram no confronto:

07 jogos: Marques
06 jogos: Vanderlei Paiva e Velloso
05 jogos: Guilherme e Grapete
04 jogos: Ângelo, Edgar, João Leite, Luisinho, Paulo Isidoro, Reinaldo e Vantuir



 Escrito por DOLABELA às 9h58 PM [] [envie esta mensagem] []






CORITIBA X ATLÉTICO

Data:
10/08 (quarta-feira)
Horário: 20h30
Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba
Árbitro: Carlos Eugênio Simon (RS-FIFA)
Auxiliares:
Altemir Hausmann (RS-FIFA) e José Javel Silveira (RS)

Coritiba
Fernando; Rafinha, Reginaldo Nascimento, Vagner e Ricardinho; Rodrigo Mancha, Capixaba, Jackson e Marquinhos; Caio e Marcelo Peabiru
Técnico: Cuca

Atlético
Danrlei; Henrique, Cáceres e Leandro Castan; Evanílson, Amaral, Ataliba, Fábio Baiano e Rubens Cardoso; Luís Mário e Marques
Técnico: Marco Aurélio

COMENTÁRIO: FORA ATALIBA !!! FORA RUBENS CARDOSO !!! FORA HENRIQUE !!!



 Escrito por DOLABELA às 9h56 PM [] [envie esta mensagem] []






Fonte: www.superesportes.com.br

Matemático calcula que serão precisos 53 pontos para não cair  
Diário da Tarde

Arte: Christiano Gomes
Os números do Atlético no Brasileirão apavoram sua torcida. Mas, acima de tudo, uma coincidência, infeliz para a massa alvinegra, ronda o clube. Até agora, o time só conseguiu 24% de aproveitamento e, para não ser rebaixado, até o final da competição, precisará melhorar seu rendimento em 32%, chegando a 56% ao final da competição e se livrando da 'degola'.

Mas, para a tristeza dos atleticanos, o Galo precisa de um aproveitamento igual ao de seu principal rival, o Cruzeiro, para se livrar do rebaixamento. Até agora, os celestes obtiveram 56% de aproveitamento. Segundo o matemático gaúcho Tristão Garcia, para não correr o risco de cair, será necessário que o time alcance 53 pontos. Ou seja: o Galo precisa de 40 pontos nas 24 partidas que restam. "Não é apenas necessário ganhar a metade. Tem que vencer 12 e ainda conseguir alguns empates", frisou.

Para ele, "o Galo só pode perder, até o final da competição, no máximo oito jogos, para não correr risco de cair". Mas, além da pontuação, o time ainda apresenta uma coincidência tenebrosa para seus torcedores. Sua trajetória no ano passado e na atual temporada é semelhante à do Grêmio de 2003 para 2004, quando a equipe gaúcha caiu para a Série B.

Em 2003, o Tricolor gaúcho começou o ano com o técnico Tite, que cedeu sua vaga para Daryo Pereira, Nestor Simionato e Adilson Batista, que chegou faltando poucos jogos e salvou o time de ser rebaixado. No ano passado, o time mudou de treinador por quatro vezes, até que Cláudio Duarte comandou a queda para a Segunda Divisão.
O Galo, no ano passado, também trocou de treinador quatro vezes, começando com Paulo Bonamigo, passando por Jair Picerni, Mário Sérgio e Procópio Cardoso que, assim como Adilson Batista, chegou no final e salvou a equipe da 'degola'. Neste ano, já foram dois técnicos: Tite e, agora, Marco Aurélio.
COMENTÁRIO: É COM MUITA TRISTEZA QUE ENCARAMOS ESSA SITUAÇÃO TENEBROSA !!!

 Escrito por DOLABELA às 9h54 PM [] [envie esta mensagem] []






Fonte: www.pele.net

Galo aumenta jejum no Mineirão

Ao contrário das temporadas passadas, Atlético-MG não vence em casa há cinco partidas no Brasileiro.

Do Pelé.Net

BELO HORIZONTE - Com a derrota por 2 x 1 para o Fluminense, neste domingo, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG amplia o seu jejum de vitórias no Mineirão. Assim, o Galo já está há cinco partidas sem ganhar na capital mineira neste Nacional. Esta foi a sua sexta derrota no "Gigante da Pampulha".

A última vitória alvinegra na capital mineira foi em 3 de julho, quando derrotou o Flamengo por 3 x 1, na décima rodada do Brasileirão. Naquela partida, os atacantes Marques, Fábio Júnior e Luís Mário marcaram para o Atlético.

Depois de vencer o Rubronegro carioca, o Galo perdeu o clássico com o Cruzeiro, por 2 x 1. O time celeste era o mandante da partida. Na rodada seguinte, o Alvinegro mineiro voltou a perder no Mineirão, por 3 x 2, caindo, pela primeira vez, para a lanterna da competição.

As duas últimas partidas do Galo no "Gigante da Pampulha" terminaram empatadas. Na 15ª rodada, o Atlético recebeu o São Paulo e não houve gol naquela partida. No última quarta-feira foi a vez do Paysandu visitar o Galo e beliscar um pontos no empate em 2 x 2.

Assim, o desempenho do Atlético dentro de casa neste Brasileirão é de apenas 26,66%, o que explica a atual situação do clube. O Galo está na penúltima colocação com apenas 13 pontos conquistados em 18 partidas disputadas - um rendimento de 24,07%.

Confira os jogos do Galo no Mineirão

Atlético-MG 4 x 1 Figueirense - primeira rodada
Atlético-MG 0 x 1 Brasiliense - terceira rodada
Atlético-MG 0 x 1 Corinthians - sexta rodada
Atlético-MG 2 x 3 São Caetano - oitava rodada
Atlético-MG 3 x 1 Flamengo - décima rodada
Cruzeiro 2 x 1 Atlético-MG - 11ª rodada
Atlético-MG 2 x 3 Atlético-PR - 12ª rodada
Atlético-MG 0 x 0 São Paulo - 15ª rodada
Atlético-MG 2 x 2 Paysandu - 17ª rodada
Atlético-MG 1 x 2 Fluminense - 18ª rodada


 Escrito por DOLABELA às 7h03 AM [] [envie esta mensagem] []






Fonte: www.superesportes.com.br

Marco Aurélio traça quadro desesperador para o Galo 
Portal Uai

Um time fraco na defesa, não compactado, sem força de marcação e abalado psicologicamente. Esse é o triste diagnóstico do treinador estreante Marco Aurélio, que não conseguiu mudar a postura do Atlético nos poucos dias que teve para preparar o time e acabou perdendo para o Fluminense por 2 x1, em pleno Mineirão.

Com o resultado, o Atlético permanece dividindo a última posição da tabela com o Paysandu e agora, mesmo se vencer no meio da semana e contar com a derrota de todos os concorrentes diretos ao rebaixamento, permanece entre os quatro últimos.

O treinador não escondeu a decepção e a preocupação com o time: “A nossa equipe tá lenta, ela não chega, não faz falta. No segundo tempo o Fluminense passeou. Pode perder, mas dessa maneira aí, tá difícil. Nós precisamos de uns dois ou três ‘Amaral’, que corre, marca. Nós não podemos ser uma equipe frágil como está sendo.”

Segundo Marco Aurélio, a preocupação e as carências não se restringem a poucas posições: “Vários setores são motivo de preocupação, vamos ter que trabalhar nos próximos dias e buscar isso rapidamente”, lamentou. A solução, segundo ele, deve vir de fora: “Está faltando dentro da equipe jogadores de características diferentes. Vamos ter que buscar nomes para melhorar a qualidade, a pegada da equipe. Sei das dificuldades, mas vamos ter que buscar fora três, quatro jogadores.”.

O treinador disse que está consciente das dificuldades em buscar nomes a essa altura, mas não vê outra condição de tirar o Galo do sufoco em que se encontra. Assim como dizia Tite ao final das várias partidas que o Atlético perdeu sob seu comando, Marco Aurélio reclamou da falta de atitude, disse que precisa haver uma mudança radical.

O jogo

A derrota para o Fluminense na visão do técnico estreante foi justa, já que o Atlético não jogou bem, principalmente no segundo tempo: “O primeiro tempo tivemos um jogo equilibrado, coim boa marcação, mas no segundo tempo, nosso time parou. O Fluminense jogou como quis, tranqüilo. Jogamos mal o segundo tempo, não conseguimos buscar. Tem muita coisa errada e a gente vai ter muito trabalho, já sabíamos disso”, analisou.

Para Marco Aurélio, podia ter sido até pior, já que o time não consegue fazer uma marcação eficiente: “Tomamos de dois, mas demos espaço para vários outros gols. Podíamos ter saído daqui com pelo menos uns cinco. Danrlei fez várias defesas”, concluiu. A missão do treinador não vai ser nada fácil. Com apenas três vitórias em 18 jogos, o time está a 21 pontos do líder Corínthians e a cinco pontos do São Paulo, o primeiro dos quatro times que compõem a zona de rebaixamento. O próximo compromisso do Galo, no meio da semana, é contra o Coritiba, fora de casa.



 Escrito por DOLABELA às 7h01 AM [] [envie esta mensagem] []






Fonte: foto - www.superesportes.com.br

O ÚNICO MOTIVO DE ALEGRIA DESSE DOMINGO: O TIME DE JUNIORES !!

TRICAMPEÃO INVICTO DA TAÇA BH JUNIORES !!!



 Escrito por DOLABELA às 7h22 PM [] [envie esta mensagem] []






Fonte: site oficial Clube Atlético Mineiro

Galo é derrotado na estréia do técnico Marco Aurélio
07/08/2005 20:07

Da Assessoria de Imprensa

O Atlético não foi feliz na estréia do técnico Marco Aurélio. Mesmo atuando em casa e com boa presença da torcida, o time foi derrotado pelo Fluminense, por 2 a 1, neste domingo, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro. Todos os gols saíram no segundo tempo. Rodrigo Fabri marcou para o Galo, enquanto Leandro e Gabriel Santos fizeram para o Tricolor.

A torcida do Galo foi um show à parte no Mineirão, em mais uma prova de amor ao clube. Com Marco Aurélio no túnel e mudanças na equipe titular, a expectativa era de reação por parte dos jogadores. Mas a parada não foi fácil, o Fluminense veio com a velha tática de se defender bem e procurar os gols nos contra-ataques. A partida teve ritmo forte no início, com os clubes criando oportunidades.

Como pediu Marco Aurélio nos treinos de sexta-feira e sábado, o Atlético foi mais “pegador” no combate ao adversário. O ataque criou alguns lances de perigo, mas faltou o gol. Uma boa alternativa, sem a presença de um homem fixo na área, eram os chutes de média e longa distâncias, especialmente com o volante Zé Antônio, em sua jogada característica.

Danrlei foi uma das principais figuras do primeiro tempo, com defesas importantes em chutes de Tuta e Beto. O Atlético chegou com perigo em lance com Luís Mário, que invadiu a área e concluiu cruzado, mas para fora. Faltou o toque perfeito na finalização. Na última jogada da etapa inicial, Felipe arrematou e o goleiro atleticano fez outra bela intervenção. O empate sem gols fez justiça no placar.

O Atlético voltou a campo com uma alteração: Rodrigo Fabri substituiu Renato. O jogo continuou aberto, com emoções dos dois lados. Marques driblou Gabriel e cruzou, mas ninguém aproveitou. O Fluminense abriu o placar aos 7min, após seqüência de defesas de Danrlei. Leandro pegou o rebote e chutou forte, no ângulo, sem chance para o goleiro: 1 a 0 para o Tricolor.

Marco Aurélio agiu novamente e fez outra substituição. Euller foi lançado na vaga de George; Fábio Baiano foi deslocado para a lateral direita. E a recompensa veio com o empate, aos 17min. Rodrigo Fabri recebeu de Euller, girou em cima do marcador e, de perna esquerda, tocou para as redes de Kleber: 1 a 1. Foi o terceiro gol do armador neste Brasileiro.

O gol foi o suficiente para animar a torcida, que passou a cantar o hino e a incentivar os jogadores. O Atlético se motivou e partiu para a virada, mas o Fluminense levava perigo nos contragolpes. O castigo veio com o segundo gol do Tricolor, aos 33, com Gabriel Santos. Em cruzamento da esquerda, o zagueiro subiu mais que a defesa e cabeceou para as redes: 2 a 1 para os cariocas. O Galo buscou o empate, mas não conseguiu impedir o triunfo dos visitantes.



 Escrito por DOLABELA às 7h20 PM [] [envie esta mensagem] []






ATLÉTICO 1 X 2 FLUMINENSE

Atlético

Danrlei; George (Euller), Cáceres, Leandro Castan e Esquerdinha; Amaral, Zé Antônio, Renato (Rodrigo Fabri) e Fábio Baiano; Luís Mário e Marques
Técnico: Marco Aurélio

Fluminense
Kléber; Gabriel Santos, Igor e Milton do Ó; Schneider, Arouca, Romeu, Felipe (Maicon) e Juan; Beto (Leandro) e Tuta (Juninho)
Técnico: Abel Braga

Data:7/8 (domingo)
Horário: 18h10
Local: Mineirão
Árbitro: Rodrigo Martins Cintra (SP)
Auxiliares:
Ana Paula da Silva Oliveira (SP) e Maria Eliza Barbosa (SP)
Cartões amarelos:
Leandro Castan (Atl); Milton do Ó, Romeu (Flu)
Gols: Leandro, 7, Rodrigo Fabri, 17, Gabriel Santos, 32min do 2º tempo

 Escrito por DOLABELA às 7h18 PM [] [envie esta mensagem] []






O TIME NÃO REAGE, A DIRETORIA SEMPRE OMISSA E A TORCIDA SOFRENDO MUITO !!

 Escrito por DOLABELA às 7h16 PM [] [envie esta mensagem] []






BANDO DE FILHOS DA PUTA !!!

 Escrito por DOLABELA às 7h13 PM [] [envie esta mensagem] []






TIME SEM VERGONHA !!!

 Escrito por DOLABELA às 7h13 PM [] [envie esta mensagem] []






FORÇA GALO !!!!!!!!!!!!



 Escrito por DOLABELA às 4h52 PM [] [envie esta mensagem] []






Fonte: www.pele.net

Torcedor do Galo morre em BH

Atleticano, de 26 anos, foi atingido com um tiro, na noite de sexta-feira, após clássico júnior com o Cruzeiro.

Do Pelé.Net

BELO HORIZONTE - A violência no futebol fez mais uma vítima fatal. O torcedor do Atlético-MG, Washington Sebastião Teixeira, de 26 anos, foi assassinado, na noite desta sexta-feira, após o jogo em que o Galinho venceu o Cruzeiro, por 2 x 1, pela semifinal da Taça BH de Júnior.

Ele foi atingido com um tiro em um ponto de ônibus, na Avenida Silviano Brandão, no bairro Horto, na Zona Leste da Capital mineira. Washington estava em companhia de outras pessoas no ponto de ônibus. A vinculação entre o crime e o clássico júnior entre Atlético e Cruzeiro foi confirmada pelo tenente-coronel Godinho, comandante do 16º Batalhão de Polícia Militar.

Outros dois torcedores ficaram feridos. Wânderson Alecrim, de 24 anos, levou um tiro na perna direita, e um adolescente, de 16 anos, que teve sua identidade preservada, foi atingido no braço.

O ten-cel Godinho contou que ainda dentro do Independência, começaram os problemas entre os torcedores de Atlético e Cruzeiro. "Segundo o que foi apurado por policiais civis a animosidade entre os torcedores de Atlético e Cruzeiro já precedia o evento, só que durante o jogo aconteceram atritos entre torcedores rivais", afirmou.

O oficial PM revelou que, de acordo com apuração do comandante do policiamento, capitão Fábio Lima, torcedores atleticanos teriam sido ameaçados de morte. "Esses torcedores do Atlético recorreram ao comandante do policiamento e o capitão Fábio Lima efetuou a escolta desses torcedores até a Silviano Brandão", contou.

De acordo com ten-cel Godinho, quando as viaturas se retiraram do local, o atirador, que estava dentro de um gol, modelo mais antigo, abaixou o vidro do carro e efetuou sete disparos em direção aos torcedores que estavam em um ponto de ônibus na Avenida Silviano Brandão, atingindo sete pessoas. De acordo com testemunhas, dentro do carro as pessoas estavam com camisas do Cruzeiro.

COMENTÁRIO: MORTE ABSURDA !! VIOLÊNCIA INTOLERÁVEL !!! ESSE BLOG É TOTALMENTE CONTRA A VIOLÊNCIA E, PRINCIPALMENTE, ORIUNDA DE RIXAS DE TORCIDAS ORGANIZADAS !!!



 Escrito por DOLABELA às 2h31 PM [] [envie esta mensagem] []








 Escrito por DOLABELA às 2h28 PM [] [envie esta mensagem] []






Fonte: site oficial Clube Atlético Mineiro

Galinho bate o Bahia e é tri invicto na Taça BH Júnior
07/08/2005 14:50

Da Assessoria de Imprensa

O Atlético volta a conquistar a Taça Belo Horizonte de Futebol Júnior, após 16 anos. O Galinho, ganhador em 1988 e 1989, sagrou-se tricampeão do tradicional torneio com a vitória de 1 a 0 diante do Bahia, neste domingo, no Estádio Castor Cifuentes, em Nova Lima. O gol do título saiu aos 46 minutos do primeiro tempo, em pênalti cobrado pelo armador Batista, um dos destaques do Alvinegro na competição.

O Galinho levantou a taça de forma justa, pela campanha irretocável na Taça BH. O time, comandado por Marcelo Oliveira, conquistou o título invicto: foram cinco vitórias e quatro empates, em nove partidas disputadas. Na primeira fase, em Curvelo, o Atlético superou Criciúma (3 a 2), Curvelo (6 a 0) e Santos (5 a 0), empatando ainda com Vila Nova-GO (1 a 1) e Democrata-SL (0 a 0).

Nas oitavas-de-final, em Curvelo, o Galinho eliminou o Palmeiras nos pênaltis, por 8 a 7, após empate em 1 a 1 no tempo regulamentar. Nas quartas, em Ouro Preto, o Atlético bateu o Grêmio-MG, também nas penalidades (5 a 4), depois de 0 a 0 nos 90min. Nas semifinais, no clássico diante do Cruzeiro, triunfo alvinegro por 2 a 1, em jogo emocionante realizado no Independência.

Decisão

Na decisão do título, o Galinho entrou em campo com o objetivo de marcar gols logo no início, para não dar chance ao adversário. Após dominar a primeira etapa, o Atlético saiu na frente nos acréscimos, aos 46, em pênalti sofrido pelo lateral-esquerdo Thiago. Batista cobrou com categoria, deslocando o goleiro, e colocou o Alvinegro em vantagem: 1 a 0.

No segundo tempo, o Atlético buscou o segundo, mas o Bahia equilibrou o jogo e quase chegou ao gol, senão fossem as defesas incríveis de Jeferson, outro destaque da equipe na Taça BH. No final, o adversário pressionou e criou boas chances, mas o Alvinegro segurou o resultado e comemorou o tricampeonato.

O Atlético teve a seguinte formação: Jeferson; Sheslon, Leandro Almeida, Max e Thiago; Léo Júnior, Luciano, Batista (Adriano) e Edílson (Cézar); Éder Deleon (Felipe) e Éder Luís (Rodrigo Vítor). Os artilheiros do Galinho na Taça BH foram Éder Luís e Batista, ambos com cinco gols marcados.



 Escrito por DOLABELA às 2h27 PM [] [envie esta mensagem] []




[ ver mensagens anteriores ]
 





BRASIL, Sudeste, BELO HORIZONTE, SAO BENTO, Homem, de 36 a 45 anos, Portuguese, Esportes, Livros









     
     


    Todas as mensagens
    Link




    UOL - O melhor conteúdo
    SPORTMANIA
    SUPERESPORTES
    PELE.NET
    LANCENET
    CLUBE ATLÉTICO MINEIRO
    GAZETA ESPORTIVA
    JORNAL DOS SPORTS
    BLOG DO TRISTÃO
    BLOG DO VITÓRIA
    INCONDICIONALMENTE GALO
    CANDANGALO
    LOJA DO GALO
    FUTEBOL ACIMA DE TUDO
    BLOG DO SÃO PAULO
    GALOUCURA
    FEDERAÇÃO MINEIRA DE FUTEBOL
    BLOG DO GUSTAVO DUARTE - CHARGISTA
    GOLEIRO DIEGO
    POUSADA RN
    ALMANAQUE KAFÉ ROCEIRO
    MOVIMENTO 105 MINUTOS
    AMIGOS DO GALO
    CASTELAR NOVO HOTEL
    GALOUCURA VALE DO AÇO
    GALO GAMES
    GALO FORTE
    BLOG DO WILLIAM RENATO
    BLOG DO DEMOCRATA-GV
    CAMPEONATO MINEIRO 2008
    BLOG DO DOMINGOS SÁVIO BAIÃO
    BLOG AOS 45
    PAIXÃO EM PRETO E BRANCO
    FUTEBOL EM DOSE DUPLA
    O BISCOITO FINO E A MASSA
    PAPO DE BOTECO É FUTEBOL
    BLOG DO BH SPORTS
    O CANTO DO GALO
    100% GALO
    GALO ALVINEGRO
    FutNet
    "Sentimento,de amor sincero ao ALVINEGRO"
    COPO SUJO
     
     

    Dê uma nota para meu blog

     
    UOL

    Sign by Dealighted - Coupons and Deals

    Promoção Dia dos Pais contador
    contador contador
    contador
    online